quinta-feira, fevereiro 09, 2006

Douro Profundo.

Há quem aprecie vinho do Porto e há quem não o conheça verdadeiramente.
Longe dos hotéis de charme e dos passeios fluviais, das cubas de inox, com controlo de temperatura e das adegas desinfectadas, das casas nobres dos senhoritos do Porto e de Lisboa, fica o Douro profundo. É composto por uma teia de microcosmos, rudes e telúricos ambientes de pequenas quintas, onde se cultivam videiras e se produz vinho.
É o caso da Quinta da Gricha, de onde vêm os Portos da Churchill’s. O caseiro, o Sr. Celestino, se avisado com tempo, de bom grado oferecerá ao visitante um chouriço assado e um Porto branco seco de aperitivo.
A Quinta da Gricha fica na margem sul do Douro, no Douro Superior, tendo acesso por estrada asfaltada (cerca de 5 quilómetros) a partir de Ervedosa do Douro.

Sem comentários: