quarta-feira, março 19, 2008

Reales Alcazares de Sevilha, Espanha

Dizem, os locais, que este é o mais antigo palácio real da Europa, ainda em uso. Ao que parece, a família real espanhola ainda se aloja neste histórico conjunto de edifícios quando visita Sevilha. E a sua origem é anterior à ocupação cristã da cidade, porque remonta ao tempo do califado de Córdova, cujos representantes aqui moravam. O nome original do local é Al-Qsar-al-Mubarak, alcácer da bendição de Al-Mutamid, último rei de Sevilha. Deste monarca se diz ter sido um poeta que, apaixonado por uma florista, fez plantar de amendoeiras as encostas de Córdoba, para que a sua amada não sentisse falta dos montanhosos cumes nevados de Granada.


Os Reales Alcazares são um labirinto de palácios e jardins, que foram sendo edificados ao longo dos tempos, sobretudo entre os séculos IX e XIV, com estilos diferenciados, consoante a época em que foram construídos. Predomina o gosto arabizante e muçulmano. Porém, o conjunto é muito exuberante, com mistura de estilos islâmicos e hispânicos-cristãos. Alguns destes espaços estão abertos ao público e são uma visita impressionante, pela beleza exuberante da arquitectura.

Sem comentários: