terça-feira, agosto 14, 2007

Cervejaria Augustiner, Salzburgo

Na Alemanha, e em particular na Baviera, as cervejarias são verdadeiras instituições. Um pouco a sul, na Áustria, a dimensão não é mesma, mas aproxima-se. Em Salzburgo, é incontornável a visita à Cervejaria Augustiner, ou Augustiner Bräustübl. Fica nas instalações de um antigo convento de frades agostinhos, do qual adoptou o nome.
Tem diversas salas, todas elas enormes e abobadadas, com grandes aberturas vidradas para o exterior. Durante o dia, entram jorros de luz e ao fundo vêm-se os Alpes. À noite, o ambiente aquece, pelo efeito da luz morna que dá cor aos antigos salões e, por vezes, pelo calor da música ao vivo, bávara ou tirolesa. A entrada é livre e gratuita e o consumo é personalizado, num regime pouco habitual: há vários locais para comprar comida e um balcão para comprar cerveja; compra-se e leva-se para onde houver lugar, num esquema de self-service. Há apenas que ter em atenção um detalhe importante. A cerveja é de produção local e vende-se à caneca. Durante cada dia são abertos vários novos barris de cerveja. Quando acaba o último dos barris previstos para abertura, não há nada a fazer: apenas será aberto um barril novo na tarde do dia seguinte, para que a cerveja sobrante não perca a força durante a noite.

A Augustiner Bräustübl fica no centro de Salzburgo, na zona ocidental da cidade, próxima da margem esquerda do rio Salzach. Está aberta das 15 às 23 horas (aos sábados, domingos e feriados abre às 14.30). Mas, recorde-se, quando mais se aproxima a hora de fecho, mais provável é que o barril de cerveja esteja para terminar, pelo que convém tomar providências com antecedência.

Sem comentários: