terça-feira, setembro 25, 2007

Itapuã, Bahia, Brasil

O viajante chegou a Itapuã ao anoitecer e foi embora de manhãzinha cedo. Não teve por isso oportunidade de passar uma tarde em Itapuã, ao sol que arde em Itapuã, ouvindo o mar de Itapuã, falar de amor em Itapuã, como na velha canção de Vinicius, cantada por Toquinho e Djaban. Sentiu o arrepio do vento que a noite traz e o diz-que-diz-que macio que brota dos coqueirais, a banhar um mar que não tem tamanho e um arco-íris no ar.

O tempo estava incerto, a chamar o pau, a pedra, e o fim do caminho, um pouco sozinho. Com a inspiração de Tom Jobim, eram as águas de Março fechando o verão. Eram as promessas de vida no teu coração.

Itapuã fica uma dezana de quilómetros a norte de Salvador, no Estado da Bahia, na direcção do Aeroporto Internacional. A partir do centro da cidade, de taxi, é fácil chegar. A oferta hoteleira não é muito abundante, mas pode socorrer-se sempre o viajante da oferta de Salvador, rica e variada.

Sem comentários: