segunda-feira, dezembro 17, 2007

Palatul Parlamentului, Bucareste – a última loucura do ditador

O actual edifício do Parlamento Romeno, em Bucareste é um edifício odiado. Domina a zona sul da cidade e foi construído na década de 1980, para glorificar o nome de Nicolae Ceausecu, o último dos ditadores do leste europeu a ser deposto, em Dezembro de 1989.

Para a construção deste palácio, foi necessário arrasar um sexto da cidade de Bucareste, para que no lugar das antigas casas fosse construído o Palácio e o Bulevardul Unirii, larga avenida arborizada que se pretendia que fosse rival da Avenida dos Campos Elíseos, em Paris (aliás, de propósito, tem mais 6 metros de comprimento, para que possa dizer-se que é mais extensa…). Tem mais de três quilómetros de comprimento e para a construir foram destruídas as casas de cerca de 70 mil pessoas (além de 26 igrejas, duas sinagogas e um mosteiro).
Ao edifício, Ceausescu chamou ironicamente Casa do Povo (Casa Poporului). É visitável, entre as 10 e as 16 horas.
Além deste projecto, Ceausescu alimentou um outro, igualmente megalómano: pretendeu proceder à reorganização do mundo rural romeno, destruindo massivamente aldeias, para realojar os camponeses em prédios de apartamentos padronizados.


Sem comentários: