terça-feira, agosto 18, 2009

Obras no aeroporto da Portela, Lisboa

Com eleições à porta, em tempo de crise, andam calados os defensores da urgente construção de um novo aeroporto para Lisboa. Calados, mas não esquecidos. Bem se recorda o viajante de que, além das promessas eleitorais e outras que tais, são vários os lóbis que defendem a decisão rápida do início de esta nova obra do regime. Que será para abrir portas em 2017. Ou quando muito um ano depois.

Compreende o viajante o esmagamento em que vive o aeroporto da Portela. Na verdade, a sua localização é-lhe muitíssimo conveniente, mas percebe que está mesmo na cidade, provoca ruído e poluição e, sobretudo, dizem que está saturado. O que já não compreende, neste contexto, é a razão que terá levado à realização, neste verão de 2009, de vultosas obras de alargamento do terminal de passageiros. Fisicamente, a aparência para quem as vê é a de que duplicarão a dimensão da aerogare. E no site na ANA, nada consta. Ficam as imagens.

Sem comentários: