quarta-feira, agosto 19, 2009

Pastéis de nata, República Checa

Cesky Krumlov (www.ckrumlov.cz) é uma fantástica vila medieval, no sul da República Checa, classificada como Património da Humanidade pela UNESCO. Rodeia-a o rio Vltava (que mais abaixo, no seu curso, banhará Praga), o qual contorna as antigas e altaneiras muralhas, modernizadas ao longo da sua história, que remonta ao século XIII. Estas muralhas encerram um altivo Castelo, a evocar o livro escrito por Franz Kafka (embora a propósito de uma cadeia montanhosa um pouco mas a sul, na Roménia). Em frente ao castelo, fica a vila, organizada em volta de uma praça central, como era habitual na Idade Média.

Calhou o viajante escolher um hotel nessa praça (www.dhotels.cz/hotel-grand/en), a Nam. Svornosti. E calhou também tomar o pequeno-almoço na esplanada, que dá para a praça, num radioso dia de sol, que logo lhe deu boa disposição e vontade de perguntar ao empregado checo como raio se chamava, em checo, o bolo que lhe ofereciam, para adoçar a hora matinal.
A aparência era inequivocamente a de um pastel de Belém (que fora da respectiva zona se chama pastel de nata). Mas perguntado sobre isso, em macarrónico inglês, o empregado respondeu apenas que se tratava de “crème brûlée”.

Sem comentários: